Clínica Carlos Bittencourt
Centro Comercial Saens Peña – Rua Conde de Bonfim, 310 – Sala 308 – Tijuca, Rio de Janeiro – RJ, 20520-054, 07:30 – 18:00
(21) 2569-2194

Classificação TI-RADS para ultrassonografia da Tireóide

Fonte: holadoctor.com

Nódulos tireoideanos são patologias prevalentes diagnosticadas pelo ultrassom em cerca de 41% dos indivíduos adultos e em sua maioria de comportamento assintomático. O sistema TI-RADS (Thyroid Imaging Reporting and Data System) estabelece lexico para descrição das características ecográficas dos nódulos tireoideanos, classificando-os de acordo com o risco para malignidade à semelhança do sistema BI-RADS para as lesões mamárias. Possui uma boa correlação com os achados do sistema Bethesda para análise citopatológica e permite uma uniformização de laudos e uma melhor orientação para condutas terapêuticas.

Vários estudos tem demonstrado um bom resultado e há uma tendência a adotar a classificação para a descrição dos nódulos nos exames de ultrassonografia da Tireoide.

Estamos iniciando a utilização da classificação TI-RADS em nosso Serviço, estabelecendo um paralelo com os critérios de Chammas para a Dopplerfluxometria Colorida dos nódulos tireoideanos, que já são amplamente conhecidos.

Nódulo tireoideano em lobo direito com ecotextura heterogênea em paciente assintomática (corte transversal)

Disponibilizamos alguns links de artigos recentes sobre a utilização do sistema TI-RADS na área médica.